Oasis no Brasil

Em passagem pelo Brasil, a banda de britpop inglesa Oasis, realizou na noite de ontem, dia 7 de maio, no Rio de Janeiro, o primeiro de uma série de quatro shows para divulgar o seu último disco, “Dig out your soul”, por aqui. O grupo liderado pelos irmãos Noel e Lian Gallagher não decepcionaou nem os fãs mais otimistas e fez um show equilibrado, mesclando  suas as novas canções e os grandes hits, que levaram a banda ao topo das listas de mais vendidos e tocados nos anos 90.

Para quem já é familiar com o comportamento do Oasis não é novidade que a arrogância e a prepôtencia dos caras, muitas vezes, são mais visíveis que o show em si. Tanto que ao longo dos últimos anos, se fossemos olhar um jornal qualquer, era mais comum ler matérias da banda na página geral sobre escândalos e afins, do que no caderno sobre música. Mas isso é só uma parte da história, ali no meio, nas páginas que pulamos, muitas vezes, há muita coisa sobre o trabalho deles. Fazer música.

oasis05

Formação atual do Oasis – liderado por Liam e Noel a frente… como sempre.

Poucas bandas têm uma discografia tão completa e boa de ouvir como o Oasis. Sucesso instantâneo após seu lançamento, o disco de estreia da banda Definitely Maybe (1994), é um dos grandes marcos do surgimento do britpop, aquela música da velha ilha, que quando ouvimos sabemos de onde vem. Não é bem rock, não é bem balada, é pegajosa e se pode ouvir um milhão de vezes antes de passar para a próxima. Difícil é saber quem é que está tocando, as vezes parece tudo a mesma coisa, mas não é.

Além de ser um dos marcos do surgimento dessa onda, que contemple novas bandas e toda uma nova geração de fãs de música, o primeiro álbum do Oasis alçoou voo para os irmãos de Manchester, para o sucesso. Em 1995, os guris lançaram o disco What´s The Story (Morning Glory) que ainda é o favorido da crítica e do público. Na verdade o que está inserido ali é uma coleção de hits. Wonderwall, Champagne Supernova, Don´t Look Back in Anger, Cast no Shadow, Morning Glory… e assim vai. Impossível não se apaixonar por cada melodia, cada letra… auge da inspiração e do sucesso.

Em seguida veio o complexo e pretencioso Be Here Now, para muito um plágio de canções dos Beatles, para outros a obra definitiva da banda. A primeira fase de sucesso encerrou com o lançamento de B-Sides, num disco maravilhoso chamado The Masterplan. Porém, esse último antecedeu a péssima fase, com os fracassos de Standing On The Shoulder Of Giants e Heathen Chemistry, que por pouco não afundaram a carreira da banda.

O retorno às raízes, e fim dos escândalos e das brigas internas entre os próprios irmãos brindou o público com os dois últimos discos de estúdio, em meio a tudo isso teve o lançamento do ao vivo Familiar To Millions e de uma coletânea que não trazia nada de novo.

Don´t Believe the Truth e Dig Out your Soul são a busca de voltar a ser “a melhor banda do mundo”, pelo menos na concepção deles. E isso é o que leva a nova turnê que passa pelo Brasil. O show de ontem, que foi exibido na íntegra pelo canal MultiShow trouxe muito desse novo espírito. A entrada anunciada com o playback de Fuckin´In The Buches, deu o barulho para acordar o público que assistiu o show de abertura com a banda gaúcha Cachorro Grande, e participação especial de Samuel Rosa, do Skank. A primeira música da noite não podia ser mais apropriada: foi a primeira música do primeiro disco, Rock n´Roll Star.

Apesar da insistência do público que pedia Live Forever o Oasis foi fiel ao repertório divulgado para imprensa e que vazou na internet antes do show. Nenhuma alteração e um show q acabou parecendo uma rotina de escritório. Mas houveram vários destaques, desde as novas Shock of the Ligthing, Falling Down e I´m Outta Time, e claro, os velhos e bons clássicos Supersonic, Slide Way, Masterplan, Songbird e o encerramento com um cover de Beatles gravado no disco The Masterplen, I am the Walrus.

set_list_materia

Set List da banda: executado à risca

A banda  segue em turnê pelo país, onde faz mais três shows: na Arena Anhembi, em São Paulo, no sábado, dia 9; na Arena Expotrade, em Curitiba, no domingo, 10; e no Gigantinho, em Porto Alegre, na terça, 12. Para nós gaúchos será a primeira oportunidade, em quatro vindas do Oasis ao Brasil, de ver a banda de perto. Até lá.

Fábio Prina_08/05/2009

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s