Royal Rock Mail

No início do próximo ano começam a circular no Reino Unido selos comemorativos [Lebra dos selos? Aquilo que usávamos há priscas eras para para enviar cartas mesmo.] com capas de álbuns clássicos do rock da velha ilha. A iniciativa partiu do Royal Mail, prestadora de serviços como os Correios, na terra da rainha.

Cobrindo diferentes épocas e estilos da música britânica, as dez estampas especiais mostram imagens dos discos The Division Bell, do Pink Floyd, Parklife, do Blur, London Calling, do Clash, Led Zeppelin IV, do Led Zeppelin, Power, Corruption & Lies, do New Order, Screamadelica, do Primal Scream, Let It Bleed, do Rolling Stones, A Rush of Blood to the Head, do Coldplay, The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spider from Mars, de David Bowie, e Tubular Bells, de Mike Oldfield. Segue a imagem das capas abaixo.

royalmail

Os selos começam a circular a partir do dia 7 de janeiro de 2010. Além de ser um bom motivo para mandar uma carta alguém, é um belo atrativo aos ávidos colecionadores dessas pequenas obras.

Fonte: Omelete

Fábio Prina_20/10/2009

Anúncios

100 Greatest Hits of YouTube

Segue abaixo a montegem genial de 100 vídeos que viraram febre do maior compatilhador de vídeos da Web. O bilionário YouTube.

Alguns são de conhecimento mais do que comum de qualquer usuário de internet, na sua maioria são micos ao vivo, mancadas esportivas, gafes, videos de múcais… enfim, tudo aquilo que só a internet pode prover para a Geração Y. Na verdade esse vídeo me lembrou, e muito, um post muito antigo, que publiquei neste blog – leia-se, antigo para um blog que tem pouco mais de um ano.

O post chamado A Filmografia da Web falava sobre a música Pork and Beans, da banda Weezer, que refez diversos desses vídeos-hits da web, inclusive chamando muitos dos protagonistas originais para participar, recriando em primeira instâncio o que esse Top 100 se propôs a fazer agora. O clip é sensacional e vale a pena conferir.

Abaixo segue a montagem dos 100 grandes sucessos do YouTube, reunidos e editados em um vídeo de 3min40s.

Coletânea de vídeos postados no YouTube faz nos recordarmos da recente revolução virtual da Web colaborativa

Fábio Prina_16/10/2009

Toy Story 3

cartaz_4

Nos Estados Unidos, aconteceu na última semana o relançamento dos filmes Toy Story / Toy Story 2 nos cinemas, pela primeira vez em versão que une os dois longas em 3D estereoscópico. As versões em 3D fazem parte da campanha de publicidade para o lançamento do 11ª longa metragem da Pixar Animations Studios: Toy Story 3.

O filme contará a história de Woody e seus amigos brinquedos sendo doados a uma creche infantil, quando o seu antigo dono, Andy, parte para a faculdade. A produção será dirigida por  Lee Unkrich (co-diretor de Toy Story 2 e Procurando Nemo). A estreia mundial está marcada para o dia 18 de junho de 2010.

Diferentemente dos EUA, no Brasil, Toy Story 1 e 2 não serão lançados juntos, para pagar um ingresso e assistir aos dois filmes. As produções chegam ao cinema separadamente, em datas diferentes no mês de fevereiro, apenas para exibições no formato tridimencional.

cartaz_8

“Tem uma cobra na minha bota”

cartaz_5

“Para o infinito e além”

Veja abaixo o primeiro trailer da mais nova produção do estúdio Pixar.

Trailer mostra história de amadurecimento, que pode ser uma bela metáfora para o próprio estúdio Pixar

Fábio Prina_12/10/2009

Dia de Cinema – Bastardos Inglórios

inglouriousbasterds_17

Eli Roth e Brad Pitt, dois bastardos

Gênio ou Picareta? Original ou Bastardo? Afinal o que rótulo é ideal para Tarantino, Quentin Tarantino se preferirem, mas tenho certeza que a intimidade que temos com o diretor mais pop do cinema mundial, dispensa qualquer tipo de apresentações.

Segundo alguns, esse nerd do meio oeste americano é um talentoso copiador, que não usa apenas as referencias das obras primas em seus filmes, mas traspõe o original para o seu filme quase que como um plágio.

Para outros, o cara tem um liquitificador na mão, e sua mistureba de referências acaba se tornando inovador. Tão novo que chega a ser original. Mas não cabe a nós, meros mortais, qualificar se ele é ou não é o cara, o que sabemos, é que o diretor/roteirista/ator/produtor já sentiu o gosto dos dois lados da moeda. Se Tarantino já foi o autor do premiado Pulp Fiction, é dele também o contestável À Prova de Morte.

Desta maneira, assistir a Bastardos Inglórios (Ingloriuos Basterds, EUA, 2009) separando a obra do seu autor é quase impossível. Ainda mais, que este projeto, assim como Kill Bill, ficou mais do que uma dezena de anos entre o papel e o quase, antes de ver a primeira luz do set acesa.

Em seu filme de 2ª Guerra (sim, Tarantino adora subgêneros – filme de vingança, filme de diálogo – Slasher Movies – black explosian), o diretor de Cães de Aluguel trabalha mais uma vez a temática da vingança. Seu grupo de Bastardos, encabeçado por Aldo Raine (Brad Pitt) quer escalpar, atacar a tacadas de beisebol e navalhas, nazistas que persegueram os judeus numa França ocupada.

Em outra frente, temos a história da bela Shosanna (Mélanie Laurent), uma judia sobrevivente de um massacre no interior francês, promiovido pelo coronel Hans Landa (Christoph Waltz, em atuação elogiada).

Três anos depois do massacre que abre o filme, Shosanna é dona de um cinema em Paris, que vai receber uma première de uma importante produção da UFA, Estúdio de Progapanga Nazista na 2ª Guerra), intitulada “O Orgulho da Nação”. Neste climax cinematográfico que mistura cinema europeu, com o pastiche da Grande Guerra, à publicidade ariana, que a bela jovem e os bastardos têm a oportunidade de se vingar e ensinar um pouco de humanidade à corja Nazista.

Mesmo sendo um filme de época, Tarantino não decepciona seus fãs, com a sua tradicional violência estilizada, ângulos clássicos de seus filmes e trilha sonora que agrada a todos incondicionalmente, indo de Ennio Morriconni à David Bowie.

No final das contas, vamos ver mais do mesmo de uma forma diferente. E o que mais pode ser o cinema de Tarantino? Algo copiado… talvez sim. Algo novo… provavelmente. Ninguém sabe, nem ele próprio. O importante é que é sempre um bom programa, passar algumas horas com a intimidade que o realizador tem de nos impressionar e ver que por mais bastardo que o cinema seja. Ele continua sendo arte e essa é pra ser apreciada incondicionalmente.

Veja o trailer legendado do filme aqui.

inglouriousbasterds_02

Comendante em frente aos seus homens: “Cada um sobre meu comando me deve 100 escalpos – e eu quero os meus escalpos”

Confira neste link uma postagem antiga, sobre o lançamento no Festival de Cannes de Bastardos Inglórios, acompanhada de alguns pôster com os principais personagens do filme.

Fábio Prina_09/10/2009

Coldplay no Brasil

vivalavida2

O Coldplay vem ao Brasil mais uma vez, trazendo agora a turnê de divulgação do seu último álbum Viva la Vida or Death and all his Friends. Diferente do que aconteceu em fevereiro 2006, quando o quarteto britânico realizou três apresentações apenas na cidade de São Paulo, a passagem de 2010 da banda por aqui terá duas apresentações, dia 28 de fevereiro (dia do meu aniversário) na Praça da Apoteose, no Rio, e no dia 2 de março, no estádio Morumbi, na capital paulista.

A venda de ingressos para os shows, que será aberto aqui pela banda Bat For Lashes, inicia no dia 9 de novembro, pela internet. Para os fãs brazucas que querem saber tudo e mais um pouco sobre a excursão do Coldplay terras tupiniquins, a organização do eventos lançou um hotsite muito interessante.

A passagem de Viva la Vida Touri pelas América do Sul, vai contemplar tembém a Argentina, Colombia e México. A turnê já passou por 25 países em todo mundo, juntando um público de 2,25 milhões de pessoas.

Vídeo da banda apresentado a música título do álbum Viva la Vida